Como o Learnig Book ajudou o Colégio Winner Naviraí a alcançar resultados durante a pandemia

A nova realidade educacional demanda uma solução digital que atenda às necessidades de toda a comunidade escolar. O Anglo Learning Book foi a resposta que o Colégio Winner Naviraí – MS encontrou para alavancar resultados, potencializar as práticas pedagógicas e melhorar o relacionamento entre escola e família. Confira mais um case de sucesso de uma escola parceira Anglo. 

A plataforma Plurall e os resultados pré-pandemia 

A transformação digital do Colégio Winner Naviraí começou ainda em 2019, longe do início da pandemia de COVID-19. A escola adotou o Plurall como ferramenta complementar, onde os alunos do Ensino Médio eram orientados a entrar diariamente no “Aula Dada, Aula Estudada”. Além disso, alunos do 8º e 9º ano utilizavam o Plurall Maestro para realizar atividades de casa. A proposta era prepará-los para a metodologia que seria utilizada no Ensino Médio.  

“Para aumentar a inspiração de professores e alunos, fizemos em 2019 uma cerimônia bimestral, premiando os professores e alunos com mais acessos, professores com mais atividades propostas no Maestro e alunos com maior porcentagem de questões feitas por turma.” Rafael Medeiros – Coordenador Pedagógico do Colégio Winner Naviraí 

Contudo, março de 2020 representou um choque para a maior parte dos educadores brasileiros e com o Colégio Winner não foi diferente. Rafael diz que “Não é possível dizer que foi simples a mudança de cenário em março de 2020. O Brasil todo, inclusive nós, sofremos muito antes da chegada das Aulas Digitais. A incerteza de gravações feitas no Youtube e compartilhadas pelo WhatsApp sem saber da participação dos alunos foi assustadora. Porém veio o Google Meet e nos ajudou a começar a resolver os problemas.” 

Rafael Medeiros fala sobre a parceria entre Google Meet e a Plataforma Plurall. Ela permitiu que aulas síncronas fossem ministradas, resultando em menores perdas pedagógicas para os alunos.  

Em 2021, a realidade ainda era desmotivadora, conta Rafael Medeiros. Isso porque, com o avanço dos números de casos de coronavírus, a falta de perspectiva para a volta das aulas presenciais levou desestimulo tanto para alunos quanto para professores. A solução? Iniciar uma campanha de “cidadania digital”: 

“Foi aí que percebemos que estava na hora de virar outra chavinha e quebrar mais um paradigma. Os alunos estavam nas casas dos professores. Por que os professores não estavam na casa dos alunos? Demos início a uma campanha permanente: conscientização, ética e cidadania digital. Câmeras começaram a se abrir sem pedidos insistentes de professores. Microfones começaram a serem desmutados. Várias cenas engraçadas começaram a trazer um cenário de descontração necessário em meio ao ambiente caótico em que estávamos vivendo. Desde aluna assistindo aula em um curral até aluno abrindo o microfone pedindo licença para a professora pois precisava sair para comprar lâmpada para aquecer os frangos e os pintinhos para eles não morrerem de frio (E é sério, esse áudio está guardado para sempre e será utilizado na formatura do aluno).” 

Anglo Learning Book e a revolução digital 

O Colégio Winner Naviraí já passava de 3.000 horas de transmissões de aulas pelo Google Meet no Plurall quando viram pela primeira vez o vídeo do Learning Book: 

“Foram dois meses de pesquisas, reuniões, análise de cenário e risco. Fechamos para as turmas do 8º ao 3º do Ensino Médio. E foi a melhor escolha que fizemos”, conta Medeiros. 

O trabalho de excelência em meio à pandemia feito na Winner somou-se com o Learning Book. Assim, a escola passou de 48 alunos em 2020 para 69 em 2021 nas turmas que utilizavam o Learning Book. Com um aumento de 30% do alunado, a taxa de rematrícula para essas turmas foi de 83%. “Foi o ano em que tivemos a maior taxa de rematrícula de todos os tempos”, conta Rafael.  

As escolas que, assim como o Colégio Winner, adotam o Learning Book contam com recursos como Jornada de Desenvolvimento para a Transformação Digital. Para que um processo de transformação digital aconteça precisamos do envolvimento de todos da comunidade escolar: gestores, professores, alunos e famílias. Por isso, o Learning Book inclui uma trilha de formação digital dos professores, o letramento digital para alunos, palestras para as famílias e, para a equipe de gestão pedagógica, encontros com especialistas para discutir as melhores práticas e estratégias da escola digital.  

“No início é assustador, visto que é uma solução completa, que tira todos os envolvidos de sua zona de conforto. Para isso, uma formação continuada a respeito da tecnologia deve ser adotada pela coordenação pedagógica, com rodas de conversas e discussões a respeito de propostas pedagógicas inovadoras. Depois do primeiro impacto, é possível se observar que o Learning Book não é um “bicho de sete cabeças”, muito pelo contrário.” Rafael Medeiros – Coordenador Pedagógico do Colégio Winner Naviraí 

Rafael também fala sobre o posicionamento do Colégio Winner diante da concorrência: 

“Nossos concorrentes utilizam algumas ferramentas tecnológicas que jamais foram pensadas em serem utilizadas aqui na Winner. Com o Learning Book, conseguimos colocar dentro de todas as aulas do currículo uma introdução à informática básica. Nossos alunos nasceram na era da tecnologia. Porém, ao se tratar de um computador, de um ambiente digital com plataforma de criação de texto, planilhas, formulários e apresentações, percebemos que as crianças sabem pouco a respeito disso. Celular eles dominam muito bem. Computador já é algo novo para eles. Percebemos que precisávamos investir tempo no desenvolvimento das habilidades voltadas à computação básica. O Learning Book nos oferece isso intrinsecamente.” 

O Anglo Learning Book é responsável por romper fronteiras que antes se limitavam a uma sala de informática. A presença dele nas disciplinas como debates contemporâneos, educação financeira faz com que o aprendizado seja, de fato, eficaz. Além disso, Rafael afirmar achar extremamente difícil imaginar a vida dos Itinerários Formativos sem a presença da tecnologia. O Novo Ensino Médio é, de fato, completo com o Learning Book. 

Assim, precisamos relatar que o Learning Book vai muito além de uma forma de acessar o Plurall. Ele vai muito além do “abrir apostilas digitais”. Para o Colégio Winner Naviraí o Learning Book traz a solução completa, com todos os acessórios e programas do Google pago em um dispositivo forte e testado de verdade, com uma garantia que funciona de verdade, com uma bateria que dura de verdade, com a segurança digital necessária para qualquer escola de ponta de verdade. O Learning Book é completo. O Learning Book não é tecnologia do futuro. O Learning book é a realidade do presente. 

Anglo Learning Book e avaliações 

Em 2021, o Colégio Winner Naviraí foi além e integrou ao Anglo Learning Book a aplicação de avaliações. Avaliações Somativas e Formativas, além das Provas Anglo e também o “Aula Dada Aula Estudada”, junto com os relatórios do Maestro, fazem com que a intervenção pedagógica seja direta e rápida, aumentando a eficiência do processo de leitura do professor em relação à turma e em busca dos problemas pontuais. “Os professores começaram a perceber que é muito mais fácil o controle de deveres de casa e atividades extras através do Learning Book. Isso fez com que adiantássemos algumas mudanças que pretendíamos fazer no longo prazo até no nosso PPP”, conta Rafael. 

“O índice de transferência após o início do ano letivo quase zerou nos anos em que utilizamos o Learning Book. Somente um aluno saiu da escola desde o início do ano letivo, onde o problema não foi de adaptação à tecnologia, mas sim por problemas particulares relacionados a família do mesmo.” 

O Learning Book, por meio da inclusão digital, aumentou o engajamento em todos os segmentos do Colégio Winner, envolvendo toda a comunidade escolar. De acordo com Rafael, 100% dos alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio estão totalmente engajados e familiarizados com a ferramenta. Enquanto isso, 46% dos alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental estão ativos no Purall.  

Learning Book e as famílias 

A implementação do Anglo Learning Book no Colégio Winner Naviraí foi um sucesso. Contudo, alguns pais e responsáveis se mostraram receosos diante da tecnologia educacional. Com os filhos nascidos em uma era digital e tão expostos às Redes Sociais e Streaming, alguns pais questionaram o excesso de telas.  

Entretanto, a inclusão do Learning Book na realidade da escola fez com que a instituição entrasse como um mediador fundamental na conscientização dos alunos a respeito de quando e onde utilizar as redes sociais. Isso faz com que ocorra, por incrível que pareça, uma desintoxicação a respeito do uso de redes sociais e aparelhos eletrônicos na hora de diversão. Com o tempo, foi observado que cada vez menos ocorrências de uso de aparelhos celulares (inclusive nos intervalos de aula e recreios) no ambiente escolar

“O mais legal de tudo foi ouvir um questionamento absolutamente normal de uma mãe, pensando que o filho já passa o dia inteiro na frente do computador e celular, com a intenção de se divertir com jogos e nas redes sociais e achar ruim adotarmos a tecnologia como solução educacional e convencê-la dizendo que, com a tecnologia dentro de sala, a conscientização fará com que ele saia mais das telinhas e veja o mundo de uma forma diferente. Após um curto período de tempo, essa mãe veio agradecer à escola pelo trabalho desenvolvido, feliz por ter ouvido da criança que ele quer fazer atividades esportivas com maior frequência, algo que nem em sonho ela imaginava.” – Rafael Medeiros – Coordenador Pedagógico do Colégio Winner Naviraí 

O Learning Book revolucionou o Colégio Winner Naviraí. Para tê-lo em sua escola e ser uma instituição parceira Anglo, solicite uma conversa com um de nossos especialistas. 

 

Leve o Anglo
para a sua escola

Seja uma escola parceira